Psicologia do esporte na abordagem gestáltica

Já está disponível online o artigo “Em busca de uma boa forma de fazer psicologia do esporte”: contribuições da gestalt-terapia, de autoria da psicóloga Adriana Amaral.

O artigo foi publicado na Revista da Abordagem Gestáltica, avaliada com conceito A2 pela CAPES, e oferece um material ainda raro que mostra como a abordagem gestáltica pode ser utilizada pelos psicólogos no meio esportivo.

Veja abaixo o resumo do artigo. Para ler o texto na íntegra, clique aqui.

Resumo:

Este artigo busca apresentar a psicologia do esporte a partir de uma abordagem que ainda é raramente utilizada neste campo, embora já esteja consolidada no âmbito da psicologia há muitas décadas: a gestalt-terapia. Assim, inicialmente apresenta, em linhas gerais, em que consiste a atuação do psicólogo do esporte para, a partir daí, pensar este trabalho à luz do referencial gestáltico. O foco se dá sobre dois níveis cruciais da intervenção: a compreensão diagnóstica e a intervenção propriamente dita. O artigo aborda o esporte individual de alto rendimento, visto que a psicologia do esporte é extremamente ampla e não haveria como dar conta de todas as suas possibilidades de intervenção num único artigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: